Arquivo da tag: Fotografia

“O paradoxo do Olhar” de Claudio Edinger: até domingo!

Padrão
Edinger1

Claudio Edinger em Paris 2009 – Foto: Maira Coelho

Iniciada em 16 de abril para o lançamento do livro do fotógrafo, a exposição

“O Paradoxo do Olhar” de Claudio Edinger termina neste domingo, 03 de maio

no MUBE – Museu Brasileiro da Escultura em São Paulo.

Cartaz da Exposição

Cartaz da Exposição “O Paradoxo do Olhar” de Claudio Edinger

Desde o ano 2000, o fotógrafo Claudio Edinger vem pesquisando a técnica do

foco seletivo, na qual coloca em evidência determinados detalhes numa imagem,

enquanto outros aparecem fora de foco, como manchas numa tela.

“O foco prende nossa atenção e o desfoque libera”, diz ele.

India 2015 - Este garoto aqui, que é mudo, vende cataventos pra ajudar a familia

India 2015 – Este garoto aqui, que é mudo, vende cataventos pra ajudar a familia

O livro é o resultado de um longo trabalho iniciado no Rio de Janeiro, São Paulo,

interior da Bahia, Amazônia, Santa Catarina, Paris, Veneza e Los Angeles, e foi

editado pela Editora Madalena, especializada em livros de fotografia.

Com 196 páginas e 104 fotos tem texto de Agnaldo Farias e Guilherme Ghisoni

e coordenação editorial da artista visual Claudia Jaguaribe.

Capa do Livro

Capa do Livro

Página interna

Página interna

Página dupla

Página dupla

Onde comprar o livro

A exposição de fotografias que encerra neste dia 3 de maio, tem 34 imagens,

de 160 x 200 cm no MUBE – Avenida Europa, 218, Jardim Europa – São Paulo.

Aberto das 10h às 19h.

Não deixe para a última hora!


Algumas fotografias:

edinger26
Mumbai, India 2015
edinger25

Varanasi, cerimônia de Arati, Festival de Shivaratri, India 2015

edinger23Mesquita Central em Nova Delhi, India 2015
edinger22Varredor, New Delhi 2015
edinger20

Pássaros, Nova Delhi 2015 – Hitchcock teria adorado esta viagem…edinger18Los Angeles 2012

edinger15
edinger11
Povoado da Passagem | 2005
edinger13Palmeiras, Sertão da Bahia 2005edinger3Corcovado, RJ 2015
edinger16
edinger8
Posto 9 – 2001 RJ
edinger27
Varanasi, India 2015
edinger28
Arati, Shivaratri, Varanasi, India 2015
edinger32
Veneza 2013 – foto feita com o iphone – entrou no livro novo no ultimo minuto.


Finalmente, para você ter uma idéia de como está a exposição no MUBE,

alguns estudos e fotos da disposição das obras.

Vale conferir! Certeza de deslumbramento!

Estudos para a exposição

Estudos para a exposição “O Paradoxo do Olhar” de Claudio Edinger

edingerexpo2 edingerexpo3 edingerexpo4 edingerexpo5

 Mais informações sobre Claudio Edinger:

edinger7

 “Tenho tentado aprofundar minha pesquisa com o foco seletivo,

que além de ser a forma como enxergamos o mundo,

cria um paradoxo e uma síntese dentro da imagem.

E o que o mundo tem de mais interessante são os paradoxos e as sínteses”.

Claudio Edinger 

Até a próxima!


Obrigada pela visita e comentários!

Postais com Poesia: Poetando Imagens ou Fotografando Poesias

Padrão

Postal Poético - Deborah e Manoel de Barros

Tudo começou como uma brincadeira no Facebook. Assim:

– Um amigo publica uma poesia e marca você para dar prosseguimento a esta

Corrente Poética: publicar uma poesia por dia durante 5 dias consecutivos,

indicando 5 amigos por dia para continuarem esta Corrente Poética.

Não gosto de Correntes, mas algumas que têm surgido no Facebook são

bastante criativas e inspiradoras.

Esta é minha segunda participação FotoPoética.

A Primeira foi feita com poesias de Lau Siqueira, e você pode visualizar aqui.

Quando fui convidada a participar, resolvi fazer mais, unindo

poesias e minhas fotografias!

Desta vez, são fotografias que tirei em minhas viagens aos Lençóis Maranhenses

e ao Rio Negro – Manaus.

Para as poesias,  escolho um de meus poetas favoritos e seleciono minhas

prediletas, que tem algo em comum com as imagens. Complementares.

As escolhidas da vez foram de Manoel de Barros, um poeta único, cuja poesia

nos remete novamente à pureza da infância em sua simplicidade.

Espero que gostem.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA OLYMPUS DIGITAL CAMERA OLYMPUS DIGITAL CAMERA OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Estes postais foram feitos em minha segunda participação nesta Corrente Poética.

Conheça também os 5 anteriores, que fiz com poesias de Lau Siqueira.

Alguns links que podem interessar para conhecer mais sobre Manoel de Barros:

Obrigada pela visita ao meu Blog.

Deixe seus comentários e volte sempre!

31 de março é o Dia dela!

Padrão

PARABÉNS! A Torre Eiffel faz 126 anos!

O Doodle do Google também está em festa em homenagem ao aniversário de

inauguração do cartão postal e mais conhecido representante de Paris!

A Torre Eiffel!

Olhem só a surpresa que eles prepararam!

Quer saber mais? Clique na imagem abaixo e "Google it"!
Quer saber mais sobre a Torre? Clique na imagem e “Google it”!

 

O significado da Torre Eiffel para mim:

Minha história com a Torre não data de 1800 e bolinhas, mas vem dos anos 70,

quando meu pai morava em Paris.

Naquele tempo, uma viagem cruzando o oceano não era simples como agora.

A comunicação era feita basicamente através de cartas, que demoravam

entre 15 e 20 dias, ou até mais, para chegarem a seus destinos.

Telefonar era fora de questão, apenas para emergências: caro demais.

Então, meu pai escrevia sempre contando, durante um ano que lá morou,

sobre a cidade, sobre as curtas viagens que ele fazia pelas redondezas.

Eu ainda estava no primário, e para saber mais, pesquisa a gente fazia nos livros,

nas enciclopédias como a Barsa, a Delta Larousse. Era só!

E de longe, eu só ficava imaginando como seria esta Torre tão famosa,

um monumento único, feito em comemoração ao centenário da Revolução Francesa

para a Feira Mundial em Paris, em 1889.

Quando meu pai voltou, ganhei minha primeira Torre Eiffel, presente até hoje!

Foto @deborahmatt  BLOGtorre2D

Foi só em 2012 que pude conhecê-la pessoalmente e soltar meu “ULáLá”!

Estou aqui! Nem preciso falar na emoção que senti: foram poucos dias,

apenas para deixar o gostinho de quero mais! Afinal, Paris é sempre Paris!

Levei 50 anos para estar aqui, mas cheguei!

Eu queria fazer uma homenagem especial ao dia de hoje, sem repetir as notícias que todo mundo deve estar copiando e colando, e poucos, lendo!

Algo que me fascina, são as fotografias antigas, então resolvi que nada como IMAGENS da Torre Eiffel para celebrá-la! Se quiser ver melhor é só clicar nelas para ver a foto maior.

A lista dos Blogs e fontes de informação sobre a história, detalhes e curiosidades estão listadas depois das fotos.

 

  

A construção da Torre Eiffel : dezembro de 1887/ maio de 1888/ e março 1889.

 

Quer saber mais? Separei estes Links:

Torre Eiffel ganha Doodle no 126º aniversário

Abertura ao público da Torre Eiffel ganha Doodle no 126º aniversário

 

A Torre foi vetada durante a ocupação nazista em Paris, na Segunda Guerra Mundial, entre 1940 e 1944,

Torre Eiffel 126 anos: veja 20 curiosidades do ícone francês

 

Torre Eiffel na Wikipédia

Parabéns, Paris!  Parabéns Torre Eiffel!

126 anos não é para qualquer um,

ainda mais para quem nem foi projetada para ser permanente,

e acabou ficando para sempre!

 

Manoel Freitas: o fotógrafo do Sertão de Minas Gerais

Padrão

“Minas são muitas, mas seu verdadeiro ouro

é encontrado no sertão e no Vale do Jequitinhonha.”

Manoel1

Foto: Manoel Freitas

“Todo menino é um rei

Eu também já fui rei…”

Pedra Preta, Manga, Extremo Norte de Minas Gerais, Brasil.

Foto: Manoel Freitas

A alegria evita mil males e prolonga a vida. – William Shakespeare
Manga, Extremo Norte de Minas Gerais, Brasil. Foto: Manoel Freitas

MANOELele

O fotógrafo Manoel Freitas, no Extremo Norte de Minas, sua casa nos últimos seis anos.

Conheci Manoel pelo Facebook, e fiquei encantada pela dedicação e amor que ele dedica ao Sertão de Minas, retratado em suas fotografias com muita sensibilidade e profissionalismo.

Sobretudo nos últimos 6 anos, ele vem retratando o patrimônio natural do sertão mineiro na região de Manga, parque Estadual da Mata Seca, Parque Estadual Lagoa de Cajueiro, Parque Estadual Verde Grande, Reserva Biológica do Jaíba e Área de Proteção Ambiental Lajedão.

O velho pequizeiro - Serra do Espinhaço, Botumirim, Vale do Jequitinhonha, Minas Gerais, Brasil Foto: Manoel Freitas

O velho pequizeiro – Serra do Espinhaço, Botumirim, Vale do Jequitinhonha, Minas Gerais, Brasil
Foto: Manoel Freitas

Manoel já registrou 2,5 mil aves na maior enciclopédia eletrônica do gênero do país, a Wikiaves.

Ao todo, 217 são espécies distintas. Registrou flora, fauna, aldeias indígenas e vilas.

Tudo isto e muito mais pode ser visto em sua página no Facebook, “Ser Tão Minas”.

Escolhi algumas fotos para vocês ficarem curiosos, mas tem muito mais lá na página dele!

Vale conferir e seguir seu trabalho e fotos, possíveis graças a seu talento e espírito aventureiro.

MANOEL28

  • Registrando a fauna/flora ricas da região

MANOEL19

Freirinha (Arundinicola Leucocephala) Manga, Extremo Norte de Minas Gerais, Brasil. Foto: Manoel Freitas

MANOEL18

Foto. Manoel Freitas

3 X 4 Parque Estadual da Mata Seca, Manga, Extremo Norte de Minas Gerais, Brasil. Foto: Manoel Freitas

3 X 4
Parque Estadual da Mata Seca, Manga, Extremo Norte de Minas Gerais, Brasil.
Foto: Manoel Freitas

Carcará (Caracara plancus) Parque Estadual da Mata Seca, Manga, Extremo Norte de Minas Gerais, Brasil.

Carcará (Caracara plancus) – Parque Estadual da Mata Seca, Manga, Extremo Norte de Minas Gerais, Brasil.  Foto: Manoel Freitas

Parque Estadual Lagoa do Cajueiro, Matias Cardoso, Extremo Norte de Minas Gerais, Brasil.

Parque Estadual Lagoa do Cajueiro, Matias Cardoso, Extremo Norte de Minas Gerais, Brasil. Foto: Manoel Freitas

Garça-Branca-Grande (Ardea Alba) Parque Estadual Verde Grande, Matias Cardoso, Extremo Norte de Minas Gerais, Brasil. Foto. Manoel Freitas

Garça-Branca-Grande (Ardea Alba) Parque Estadual Verde Grande, Matias Cardoso, Extremo Norte de Minas Gerais, Brasil. Foto. Manoel Freitas

Borboletas Monarcas - Manga, Extremo Norte de Minas Gerais, Brasil. Foto: Manoel Freitas

Borboletas Monarcas – Manga, Extremo Norte de Minas Gerais, Brasil.
Foto: Manoel Freitas

Parque Estadual da Mata Seca, Manga, Extremo Norte de Minas Gerais, Brasil.

Parque Estadual da Mata Seca, Manga, Extremo Norte de Minas Gerais, Brasil.

MANOEL14

Jacaré-de-Papo-Amarelo (Caiman Latirostris) Lagoa da Prata, Parque Estadual da Mata Seca, Manga, Extremo Norte de Minas Gerais, Brasil. Foto. Manoel Freitas

MANOEL26

Foto. Manoel Freitas

MANOEL25

Foto. Manoel Freitas

  • A Paisagem natural do Sertão de Minas

Paineira - Itacarambi, Vale do Peruaçu, Extremo Norte de Minas Gerais, Brasil.  Foto: Manoel Freitas

Paineira – Itacarambi, Vale do Peruaçu, Extremo Norte de Minas Gerais, Brasil.
Foto: Manoel Freitas

Serra do Espinhaço,  Botumirim, Vale do Jequitinhonha, Minas Gerais, Brasil.  Foto: Manoel Freitas

Serra do Espinhaço, Botumirim, Vale do Jequitinhonha, Minas Gerais, Brasil.
Foto: Manoel Freitas

Aldeia Pedra Redonda - Tribo Xakriabá, São João das Missões, Extremo Norte de Minas Gerais, Brasil. Foto: Manoel Freitas

Aldeia Pedra Redonda – Tribo Xakriabá, São João das Missões, Extremo Norte de Minas Gerais, Brasil. Foto: Manoel Freitas

Manga, Extremo Norte de Minas Gerais, Brasil. Foto: Manoel Freitas

Manga, Extremo Norte de Minas Gerais, Brasil. Foto: Manoel Freitas

APA Lajedão, Matias Cardoso, Extremo Norte de Minas Gerais, Brasil. Foto: Manoel Freitas

APA Lajedão, Matias Cardoso, Extremo Norte de Minas Gerais, Brasil. Foto: Manoel Freitas

O sopro da aurora... Matias Cardoso, Extremo Norte de Minas Gerais, Brasil.

O sopro da aurora… – Matias Cardoso, Extremo Norte de Minas Gerais, Brasil. Foto: Manoel Freitas

O Velho Chico - Itacarambi, Vale do Peruaçu, Extremo Norte de Minas Gerais, Brasil. Foto: Manoel Freitas

O Velho Chico – Itacarambi, Vale do Peruaçu, Extremo Norte de Minas Gerais, Brasil.
Foto: Manoel Freitas

  • Aldeias e população local

Menino-índio - Aldeia Brejo Mata Fome, Tribo Xakriabá, São João das Missões, Vale do Peruaçu, Extremo Norte de Minas Gerais, Brasil. Foto: Manoel Freitas

Menino-índio – Aldeia Brejo Mata Fome, Tribo Xakriabá, São João das Missões, Vale do Peruaçu, Extremo Norte de Minas Gerais, Brasil. Foto: Manoel Freitas

Xakriabá - Aldeia Morro Faiado, São João das Missões, Extremo Norte de Minas Gerais, Brasil. Foto: Manoel Freitas

Xakriabá – Aldeia Morro Faiado, São João das Missões, Extremo Norte de Minas Gerais, Brasil.
Foto: Manoel Freitas

O Pajé Vicente... Aldeia Brejo Mata Fome, Tribo Xakriabá, São João das Missões, Vale do Peruaçu, Extremo Norte de Minas Gerais, Brasil.

O Pajé Vicente – Aldeia Brejo Mata Fome, Tribo Xakriabá, São João das Missões, Vale do Peruaçu, Extremo Norte de Minas Gerais, Brasil.  Foto: Manoel Freitas

Seu Luiz, um doce de pessoa... Botumirim, Serra do Espinhaço, Vale do Jequitinhonha, 19 de junho de 2015. Foto: Manoel Freitas

Seu Luiz, um doce de pessoa…
Botumirim, Serra do Espinhaço, Vale do Jequitinhonha, 19 de junho de 2015.
Foto: Manoel Freitas

Foto: Manoel Freitas

Foto: Manoel Freitas

Dona Alvina no Rio Cochá - Montalvânia, Extremo Norte de Minas Gerais, Brasil.  Foto: Manoel Freitas

Dona Alvina no Rio Cochá – Montalvânia, Extremo Norte de Minas Gerais, Brasil.
Foto: Manoel Freitas

 Mais informações sobre Manoel Freitas e sobre sua Fotografia:

Manoel Freitas – Foto: reprodução/Facebook

EM Digital – Estado de Minas

Página no Facebook “Ser Tão Minas” 

 Manoel Freitas no WikiAves

Aconteceu no Vale – Manoel Freitas

O Rio São Francisco -  Manga, Extremo Norte de Minas Gerais, Brasil.  Foto: Manoel Freitas

O Rio São Francisco –
Manga, Extremo Norte de Minas Gerais, Brasil.
Foto: Manoel Freitas

Espero que tenham gostado deste post, que é a primeira de algumas homenagens

que farei em meu BLOG a amigos que fiz através do Facebook, e que admiro muito.

Tentei destacar  e divulgar o belo e brilhante trabalho de pesquisa e fotografia

de Manoel Freitas, que contribui tremendamente para o registro da rica

fauna/flora/cultura/população indígena da região do Sertão mineiro.

Por hoje é isto! Amanhã tem mais!

Se gostou, compartilhe e siga meu BLOG, sempre temas interessantes e variados!

O primeiro domingo a gente nunca esquece!

Padrão

Completando uma semana de blogagens!

Eu queria caprichar, afinal é meu primeiro domingo, mas cheguei de viagem,

estou bem cansada e sem inspiração ou concentração suficientes para escrever!

Então, para não passar em branco, escolhi 5 postais que fiz para um desafio

de postar uma poesia por dia durante 5 dias no Facebook.

Eu também não estava muito animada, mas estas “correntes”

acabam se revelando um bom estímulo para a criatividade!

Resgatei uma parceria de muitos anos atrás, quando uma foto minha

ilustrou a capa do livro de poesias “Sem Meias Palavras” de Lau Siqueira,

poeta “gaúcho da Paraíba”.

Criei esta série de Postais poéticos fotográficos,

unindo minhas fotografias à poesia de Lau.

Espero que gostem!

fotopoema1 OLYMPUS DIGITAL CAMERA OLYMPUS DIGITAL CAMERA OLYMPUS DIGITAL CAMERA POESIA6

Quer mais?

Minhas fotografias em breve estarão disponíveis numa página no Facebook.

(em elaboração) .

Uma ótima semana e agradeço as visitas e comentários!

São um incentivo para a Blogueira iniciante, mas muito animada a aprender!